5 novembro 2013
Categoria
Blog

Três dicas para criar conteúdos adequados ao mobile

Como fazer conteudo para mobile 480x253 Três dicas para criar conteúdos adequados ao mobile

É crescente e notável a utilização dos dispositivos móveis no Brasil. Seja pelo seu smartphone ou tablet, as pessoas estão cada vez mais aderindo à tecnologia mobile.

Para as empresas, abre-se um grande nicho de mercado. No entanto, é preciso entender e absover as características desses clientes para se tornar eficiente.

Os usuários mobile possuem comportamento e necessidades específicas, se destacam por procurar conteúdos intuitivos, fáceis de usar e experiências agradáveis. Além disso, não tem muita paciência com conteúdos demorados.

Por isso, destacamos três pontos fundamentais no processo de criação de conteúdo mobile, para você saber o que deve ou não fazer.

  • Simplifique o conteúdo: quanto menos páginas e imagens em seu site mobile, melhor. Imagens em grandes dimensões e alta resolução não são bem-vindas neste tipo de plataforma, pois tornam o site lento e ineficiente, caracaterísticas fundamentais no mobile. Reduza as imagens e enxugue o que puder de conteúdo, a ideia é buscar o equilibrio entre informação e velocidade.
  • Nada de flash: apesar de ser muito utilizado em desktops, animações em flash e vídeos são descartáveis quando se fala em conteúdo mobile, o recurso é definitivamente incompatível com as ferramentas móveis. Para suprir o flash, uma alternativa eficiente é o HTML5.
  • Textos curtos: como a tela dos smartphones são pequenas, se comparadas as do computador, a leitura e a visualização dos textos ficam bastante limitadas para o usuário. É importante que se utilize poucos e curtos textos, além de escolher fontes maiores. Assim, o texto fica visível, de fácil leitura e não obriga o usuário a ampliar a tela constantemente.

As plataformas móveis estão se tornando realidade no país, é um caminho inevitável. A tecnologia está nas mãos e nos bolsos das pessoas. Resta, agora, as empresas se adaptarem a este novo formato para não ficarem para trás.

Compartilhe e Curta!

    Artigos Relacionados: