23 janeiro 2014
Categoria
Blog
Restaurantes

Dicas para fazer o primeiro site do seu restaurante

Site Mobile Dicas para fazer o primeiro site do seu restaurante

Você atua no ramo de alimentação e decidiu lançar um site para complementar o negócio. Seu raciocínio é de que o ambiente virtual poderá abrir novas possibilidades e estratégias para impulsionar as vendas. Saiba que sua decisão não poderia ser mais acertada! Não importa se você é dono de um restaurante convencional, uma casa de massas, um sushi bar ou uma chopperia, tenha em mente que levar sua empresa para a Internet é uma escolha inteligente que o ajudará a crescer e se organizar, aumentado movimento, faturamento e lucros.

A plataforma online lhe garantirá uma série de vantagens, que vão desde o aprofundamento do relacionamento com o consumidor até a melhora do gerenciamento interno. Mas para que você realmente consiga obter todos os bons resultados que um site pode lhe proporcionar, é preciso atenção a uma série de fatores na hora da elaboração das páginas. Quer saber quais são eles? Então fique atento às dicas abaixo! Lendo­ com cuidado você compreenderá melhor o tema e terá um norte na hora de contratar o serviço.

#1 – Qualidade é fundamental

Para começar, você deve saber que um site precisa ter muita qualidade. E nesse tópico entram dois quesitos básicos: o técnico e o visual. O primeiro item se refere ao fato de que as páginas devem funcionar perfeitamente e com rapidez, sem que o internauta precise esperar para carregar ícones, imagens ou vídeos por exemplo. O segundo ponto diz respeito ao fator estético, que exigirá a contratação de serviço especializado em design para que o site seja realmente bonito e tenha identidade com sua marca. Todos esses cuidados são essenciais para que o consumidor tenha uma experiência prazerosa de navegação e volte a acessar seu endereço com frequência.

#2 – Ofereça serviços e informações úteis

Lembre-se sempre de que o consumidor entrará no site do seu restaurante a procura dos serviços que o mesmo oferece. Certamente o cliente estará interessado em questões práticas como o cardápio, as novas promoções, o sistema delivery e o mapinha de “como chegar”. Portanto, disponibilize esses dados em ícones de destaque dentro da página. À medida do possível, não omita informações como preços dos pratos e bebidas ou taxas de serviço e couvert artístico. Quanto maior for a transparência, mais satisfeito o internauta ficará. E, por fim, não se esqueça de disponibilizar os contatos telefônicos para eventuais dúvidas.

#3 – Use o site a favor do gerenciamento

Engana-­se o empresário que enxerga os sites como meros instrumentos de uso dos consumidores. Para ser efetivamente funcional, a plataforma deve ajudar o empresário no controle dos negócios, por meio de ícones administrativos. Com eles é possível, por exemplo, controlar o atendimento aos clientes e criar campanhas de fidelização; planejar o menu do restaurante e traçar estratégias para reduzir a capacidade ociosa; melhorar o plano de marketing da empresa e integrar a publicidade das mídias convencionais (como jornais, revistas, televisão e rádio) à Internet.

#4 – Leigo sim, desinteressado jamais

Tão importante quanto colocar um site no ar é saber avaliar os resultados que ele gera para o negócio. Nesse sentido, é essencial que você aprenda a ler as principais métricas da plataforma. E não é preciso ser nenhum expert em informática para isso! Qualquer leigo, desde que interessado, poderá mensurar os resultados. O importante é que o site disponibilize, na área do administrador, todos os números de forma clara e simples. Então, na hora de contratar o serviço, tenha certeza de que você poderá fazer avaliações diárias sobre, por exemplo, o número de visitas e pedidos online, ícones mais acessados e andamento de campanhas e promoções.

#5 – Dê um passo à frente: entre na era da mobilidade

Quando você decidiu fazer o site do seu restaurante estava querendo modernizar os negócios, certo? Ótimo, agora comece a pensar também em inovar! Aproveite a oportunidade e entre na era da mobilidade. Os sites convencionais -­ visualizados em computadores e notebooks – não funcionam bem em tablets e smatphones. Porém, com adaptações adequadas sua página poderá rodar perfeitamente em qualquer que seja o equipamento utilizado pelo consumidor para acessá­-la. A mobilidade será um grande diferencial e colocará seu restaurante na vanguarda da tecnologia, um passo à frente da concorrência!

Gostou das dicas? Conte­-nos como elas vão ajudá-­lo a abrir seu primeiro site! Deixe aqui seus comentários!

Compartilhe e Curta!

    Artigos Relacionados:

    Comments are closed.